Decidi montar este post porque muitas vezes vejo que as noivas ficam um pouco perdidas sobre por onde começar a produção do casamento. Então, na minha opinião o primeiro passo no planejamento é ter uma ideia central de qual será o conceito do casamento. Mas como fazemos isso?

 

É algo complicado, e por isso precisa ser a primeira coisa a ser decidida. Porque muitas vezes escolhemos um monte de coisas que achamos bonitas e tentamos costurar tudo para que dê certo. Porém não é assim tão simples, para que a decoração não fique lotada de coisas que são bonitas separadas, mas que juntas não funcionam bem. Não podemos nem ser 8 e nem 80. Querer misturar um monte de coisas bonitas não dá certo, mas também só dizer “quero um casamento com detalhes pretos” não diz muita coisa.

 

Por exemplo, um casamento tendo o preto como cor base:

Estilos de Preto

Entre mil outras possibilidades, todas usando preto.

 

Claro, se ter uma determinada cor no casamento é uma prioridade, podemos partir disso. Mas precisamos de mais que isso, precisamos descobrir o que melhor representa o casal e o que é essencial para que tenhamos a decoração mais a cara dos noivos possível. Porque no final das contas, é isto que irá nos realizar. Ter o casamento do jeito que sonhamos e com a nossa marca única e especial.

 

Para ajudar na hora de escolher o que é essencial no casamento a minha dica é: Elencar as prioridades máximas. O que é essencial no seu grande dia? Listando isto, iremos verificar se há compatibilidade entre elas, uma noiva pode amar luzinhas, mas desejar casar no turno da manhã, neste caso ela terá que descobrir o que de fato é prioritário. Conhecendo bem o casal, entendendo as suas prioridade, após algumas reuniões, e depois de pesquisar e reunir referencias começamos a delinear o conceito geral do casamento.

 

E não se assuste se parar para pensar e acabar descobrindo que não sabe qual estilo melhor representa o casal, é mesmo algo difícil e que exige algumas pesquisas e muita calma. Além de planejamento e dedicação.

 

Muitas vezes o que achamos lindo em editoriais e publicações em geral, não combina com o que nós somos, com o que nos representa. Um exemplo que sempre costumo citar é o meu.

 

Eu acho lindos aqueles casamentos ao ar livre, com muito sol e verde além de todos os detalhes hand made que eles trazem. As fotos ficam incríveis, o vídeo então… Sempre me apaixono por todos eles! Porém, eu detesto ficar no sol. Me coço toda só de chegar perto de grama, amo velas, e tenho uma obsessão por lustres. Como eu poderia ter tudo isso ao ar livre e de dia? A resposta é simples, não posso ter. E no final das contas, o que é lindo em fotos e vídeos, não seria lindo para o meu casamento, afinal de contas, os meus convidados (escolhidos com muito amor e carinho) sabem que aquele estilo não é meu, não seria o que eu e o Wyll (meu marido) sonhamos e sim algo bonito e sem a nossa cara.

 

 

Isso tudo é bem complicado para os casais decidirem, até porque será o primeiro casamento que vocês irão montar/decorar. Por isso existem os Wedding Planners, pessoas que como eu, buscam conhecer ao máximo o casal, entender os anseios e medos de cada um em relação ao tão esperado dia.

 

Tenho uma filosofia de trabalho que é bastante simples: preciso oferecer o melhor para cada casal, para cada detalhe. Por isso, preciso conhecê-los profundamente e, com isso, acabo sempre ganhando grandes amigas com este processo, pois conversamos tanto, pesquisamos tanto que é impossível não me sentir realmente próxima e especialmente ligada a cada casal.

 

Mas resumindo, quando vamos organizar um casamento, precisamos de foco. Precisamos definir um conceito base e sermos fieis a ele. Claro, podemos misturar estilos, mas temos que ter o cuidado de ter o melhor de cada um deles e que o resultado final seja harmônico e expresse realmente o gosto e estilo do casal.

 

Escolha muito bem o profissional que irá lhe ajudar com isto e seja sempre sincera, sempre mostre o que busca e como quer o resultado final. Não deixe o seu grande dia ser “quase bom”, ele precisa ser perfeito!