Ah, a Ana e a sua inesquecível família… Lembrarei para sempre dos preparativos deste casamento, foi um sonho! A Ana é super unida com a sua mãe e sua irmã, e a Rosane e a Karina são a prova que um sonho sonhado junto é muito maior e mais forte. Que família, senhoras e senhores, que família!!!

Sempre tivemos o norte de que o essencial era valorizar a arquitetura divina do Juvenil, mas era fundamental também imprimir a personalidade e os desejos dos noivos. Aí residia o desafio,… Noivos descontraídos, que noivaram no Havaí, e que amam praia, e simplicidade. Muitas conversas, algumas reuniões deliciosas na casa da Ana, referências cá e lá, chegamos a um conceito!!

Idealizamos um casamento Hi-Lo, elegante na simplicidade, grandioso na descontração. Misturamos muitos materiais, usamos muito verde, cores fortes, SEMPRE respeitando e ressaltando o pano de fundo divino que era a arquitetura do salão. Casamento cheio de detalhes, aliás, quem disse que casamentão não pode tê-los?

A ideia nunca foi alimentar o conceito de mega casamento, quem conhece os noivos, entende bem o porquê. Tivemos duas mesas de doces, necessárias para atender não só ao número de doces, como ao tamanho do salão, elas foram o coração da festa, posicionadas no centro do layout, mas de forma que não transmitissem uma mensagem de enormidade o ostentação, eram como a Ana, lindas, simples, perfeitas!

Tivemos mesas de convidados totalmente diferentes entre si, das cadeiras, aos souplats, arranjos, tipos de materiais, foi uma forma muito eficiente de dar movimento e, de novo, não transmitir a ideia de repetição, ostentação.

O bar de chopps e coquetéis contribuiu para a animação da festa, as apresentações musicias surpreenderam e levaram a todos para pista, até o amanhecer! E não faltou café delicia a noite toda (quem me conhece sabe o tamanho do amor que devo ter sentido pela bike dos cafés né? Gente, não estou sozinha, todos AMARAM!).

Além disso, claro, houve emoção de sobra e a iluminação ajudou muito nesse sentido, especialmente na hora da dança dos noivos, quando a pista se iluminou em tons amarelados exclusivamente para eles. Foi um momento verdadeiramente romântico e que contagiou a todos. Planejar a luz, neste caso, fez toda a diferença e criou a atmosfera ideal para a primeira dança dos recém-casados.

Tem um ditado que diz que para se realizar um sonho você precisa de um pouco de inspiração e de muito, muito trabalho. E grande parte do sucesso do casamento da Ana e do Eduardo é graças ao trio Rosane, Karina e Ana, que SEMPRE confiaram no meu trabalho, que me ensinaram muito em todos este processo (sobre amor, união, família e dedicação).

Não posso falar desse casamento sem fazer um outro agradecimento especial. Os preparativos iniciaram antes de eu engravidar, percorreram toda a minha gestação, o nascimento da Bela, e os seus primeiros meses. A Ana foi uma noiva ABSOLUTAMENTE compreensiva e amorosa, entendeu sempre as especificidades de cada um destes períodos: tivemos reuniões por skype, whatsapp, e muuuiiitaaas ligações. A sua mãe Rosane, com seus relatos tão encorajadores de como ser uma SUPER mãe que trabalha loucamente, foi e será sempre um exemplo e um acalento. Obrigada, Ana, Rosane e Karina, vocês são excepcionais!

Confira o vídeo desta festa linda!

fRAME

E aqui a nossa seleção pra lá de especial de fotos:

01 _ Ana Paula e Eduardo

02 _ Ana Paula e Eduardo

03 _ Ana Paula e Eduardo

04 _ Ana Paula e Eduardo

05 _ Ana Paula e  Eduardo

06 _ Ana Paula e Eduardo

07 _ Ana Paula e Eduardo

08 _ Ana Paula e Eduardo

09 _ Ana Paula e Eduardo

10 _ Ana Paula e Eduardo

11 _ Ana Paula e Eduardo

12 _ Ana Paula e Eduardo

13 _ Ana Paula e Eduardo

14 _ Ana Paula e Eduardo

15 _ Ana Paula e Eduardo

16 _ Ana Paula e Eduardo

17 _ Ana Paula e Eduardo

18 _ Ana Paula e Eduardo

19 _ Ana Paula e Eduardo

20 _ Ana Paula e Eduardo

21 _ Ana Paula e Eduardo

22 _ Ana Paula e Eduardo

23 _ Ana Paula e Eduardo

Noivos: Ana Paula e Eduardo
Cerimônia: Paróquia São Pedro
Recepção: Associação Leopoldina Juvenil
Flores: Angélica Martins
Móveis: Locare
Bar de drinks e chopp: Mint Open Bar
Bike de cafés: Oliver Café
Fotógrafo: Marcelo Andrade
Vídeo: Guilherme Coelho